O briefing é um material que ajuda o cliente a comunicar com o profissional e assim alinharem as ideias para o trabalho final.

Quando um cliente vai até uma pessoa /empresa que irá realizar o trabalho que ele necessita, provavelmente já tem uma noção do que quer fazer, mas não sabe como, não tem as ferramentas para tal, ou não tem mesmo tempo para executar.

Por isso, delega a função ao profissional adequado!

Mas o que deve conter no briefing para comunicar na realização do trabalho?

Assunto

Na primeira conversa, já por instinto, o cliente diz o que quer (quero um logotipo, quero um site, uma imagem para redes sociais…), mas só essa informação por norma fica incompleto o processo. O ideal é seguir com as perguntas:

  • O que é o trabalho?
  • Qual é a marca/ cliente a divulgar?

Público

Para quem é este trabalho, com quem você quer comunicar?

  • Qual é o gênero?
  • Qual é a faixa de idade?
  • Qual é a localização?
  • Qual é o idioma?
  • Quais são os interesses?
  • Qual é a classe social?

Estas perguntas servirão de base para poder ser mais acertivo com a linguagem usada ao público. Se quiser ir mais a fundo, também poderá definir uma persona ou várias, dependendo do tipo de negócio.

Objectivo

O objectivo é o que pretendem atingir com esse trabalho.

  • Visibilidade
  • Criar audiência
  • Engajamento
  • Vendas
  • Lançamento de produto
  • Outros…

Suporte

Onde será divulgado, qual será o suporte para este produto:

  • Digital | Logotipos, redes sociais, website, anúncios, banners…
  • Físico | Pequenos ou grandes formatos e publicidade interior ou exterior (cartão de visitas, flyers, brochuras, roll up, outdoor, decoração de viaturas, decoração de espaços e estabelecimentos, reclames luminosos, montras…)

Formatos

É super importante definir bem os formatos no briefing, porque fazer um cartão de visitas é diferente de criar uma brochura, o tempo de construção é muito distante e reflete no orçamento.

Nos meios digitais o formato pode definir se o seu anúncio vai ter mais visibilidade ou não em uma rede. Imagina a seguinte situação:

Vai ser criada uma campanha para divulgar um produto, e foi feita uma imagem padrão de uma foto (10x15cm), mas a rede para mostrar corretamente precisa ser quadrado, o que vai acontecer? Bem, para já uma imagem cortada, vai faltar informações que poderão ser importantes. Depois, cada elemento que compõe a imagem tem que ter sentido e se for cortada não vai passar a mensagem correta. Outro motivo, é que poderá ser menos visto e consequentemente, menos entregue pela rede às pessoas.

Materiais

No mundo das artes gráficas, todos os dias temos inovação de materiais: papéis lisos, texturizados, mate, brilhantes, com verniz, placas de PVC, acrílicos, vinis com cor, vinis para impressão, vinis foscos, com brilho, sem brilho e diversos tons e categorias, cada material com a sua função e propriedade.

Quantidade

Essa parte é bem importante para o orçamento final.

Fazer a arte para 1 calendário é bem mais barato do que fazer para 3 personalizados. E produzir 100 calendários é muito mais caro do que produzir 10000 unidades.

Tudo tem a ver com o tipo de processo envolvido.

Mensagem

Aqui basicamente é o que será escrito no material ou o que o visual poderá transmitir.

Onde a imagem tem que ser coerente com o texto, para fazer sentido.

Informações

Estas informações adicionais são diferentes da mensagem, aqui os conteúdos são pessoais da empresa / pessoa.

  • Nome
  • Logotipo
  • Morada
  • Telefone
  • Horário de atendimento
  • Outros

Prazo

Fazer um bom planejamento é o fundamental para a gestão do projecto. Saber quais são os prazos ajuda a definir uma cronologia inversa para poder entregar nos tempos corretos.

Investimento

Depois de verificar todas as informações acima, o próximo passo é enviar um orçamento para o cliente, onde vai calcular o tempo previsto para executar o trabalho e assim definir o valor.

Cada empresa tem as suas condições, mas o importante é saber o custo real da sua situação, contabilizar, luz, água, internet, renda do espaço, funcionários, fornecedores… para definir um valor real final.

Sobre o investimento que o cliente tem que fazer em anúncios, terá de ser visto caso a caso de acordo com os objectivos.

De uma maneira geral nas profissões, estas são as perguntas-chave que facilitarão a sua comunicação com o cliente. Poderá sempre fazer uns ajustes com mais ou menos perguntas, de acordo com o tipo de trabalho, mas a base do briefing já está feita.

No início parece uma conversa massante, mas acredite, depois torna-se natural e com imensas vantagens, porque o seu cliente vai perceber o quão você percebe do assunto e se interessa pelo resultado que ele poderá ter.

Faça o teste e depois conte-nos o resultado!